Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.



Conheço-te através das palavras/pedras
com que vou construindo este dia novo
que agora se levanta.

Inventei-te no espaço exacto
das minhas mãos
desejosas de viajar
o teu corpo.

Dele direi:
este é o meu país por conhecer
onde ergui minha casa
e inventei um amor
nunca antes pressentido.

Visto-me com as cores do arco-íris
e desenho-te um beijo no poema.

1 comentário:

São disse...

Continua escrevendo óptima poesia, sem dúvida!

Tudo de bom.

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.