Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Tenho palavras que te procuram,
que se acendem nesta existência suave;

palavras para seguir caminhos,
para te abrir os dias;

palavras partículas de fogo
que acarinho para os momentos precisos
nos seus puros abandonos;

palavras verticais como chamas,
que te chamam na procura,
mais claras que o dia.

Com palavras de lua e de vento
invento veredas de palavras
que adoçam os silêncios
e explicam as madrugadas.

Palavras que só a ti direi.

.

2 comentários:

Menina do Rio disse...

Palavras pra todas as horas, todos os atos! Gostei imenso do teatro mágico!

beijinhos

Graça disse...

"Palavras que só a ti direi"___mas estas já têm a beleza de poder ser partilhadas aqui.

Um beijo com saudade.

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.