Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

O vento...


O vento cospe-me na cara
lágrimas que a chuva já não quer...

O vento canta de madrugada
uma doce e sinistra melodia...

O vento grita nas tardes cinzentas
aguda e lancinantemente a sua fúria
que se repete continuamente no meu cérebro cansado...

O vento despe com ódio mortal as árvores
uma a uma, humilhando-se,
mas já não grita o tapete de folhas mortas
que cobrem a minha alma...

*
© efeneto
*

26 comentários:

GR disse...

Quando o vento fustiga a alma
E arrebata a fúria de viver
O caminho deixa de ser errante e de calma
Para enegrecer o rumo a percorrer.

Um poema arrebatado ao teu grito...

Bjgrande daqui

GR

Olhos de mel disse...

Oie lindinho! Apesar do tom triste, nostálgico, está lindo como tudo que você escreve!
Boa semana! Beijos

Paula Raposo disse...

Triste, muito triste e cinzento, o poema! Beijos.

Secreta disse...

O vento ... que nos desnuda a alma...
Beijito.

lua prateada disse...

Lindo como sempre poeta...
É verdade que nosso cérebro por vezes está tão cansado que não entende nada mais...
Beijo prateado
SOL

Carla disse...

senti o vento que aqui cantas, deixei-me envolver por esta névoa fabulosa que contorna o teu espaço...por aqui estou perdida entre tanta beleza
boa semana

ana poeta. disse...

F. Neto.

O vento fustiga muitas dores e amores, leva e traz consigo devaneios e sonhos, perdura em nossa alma como os nossos ais de saudades...

Beijos Poéticos.
;***

Menina do Rio disse...

Um belo poem; triste, mas de uma grande beleza!

tem uma semana feliz
Beijinhos

Sunshine disse...

Que esse vento que te fustiga a alma possa transformar-se numa suave e acriciante brisa....

Belo!! Triste!! Um Grito vindo da alma... uma alma onde brotam as mais belas palavras ... uma alma de POETA...

Bj amigo.

tulipa disse...

Olá Amigo

Vim cá por vários motivos:

1º - convido-te a vir espreitar uma associação desconhecida de muita gente e tantos lugares que merecem ser visitados , não só pela sua beleza, mas também pela preocupação em preservar o ambiente.

2º - dar-te os Parabéns, pela tua escrita, sempre perfeita e agradável.

3º - queres dar um passeio aos glaciares nas tuas férias de Verão?
Vem aos meus Momentos Perfeitos e vê, ficas com uma ideia...(Noruega)

Deixo-te um abraço com saudades.

Arco-íris disse...

Passei p te deixar um beijinho e agradecer todas as visitas...
fika bem...

rosa dourada/ondina azul disse...

Belo poema ao vento :)))


Beijinho,

MEU DOCE AMOR disse...

Mas o vento continua a encantar
Tocando a melodia das palavras
E eu continuo a amar
A bela poesia que lavras

Arredo as folhas mortas do caminho
Dou força à tua Alma
Deixando um beijo de carinho
Sorrindo na envolvência desta calma

LuzdeLua disse...

Hoje estou tal e qual este poema e música. Mas, mesmo a melancolia nos leva as vezes para o interior de nós, ao encontro da alma.
Passando deixo-te um abraço com carinho.
Bjs

Os_meus_rabiscos disse...

O vento leva as folhas secas, preparando a terra para a chegada das folhas novas...

Thiago disse...

Exquisitas palavras!! parabéns amigo :-) que o vento te leve este abraço de Barcelona...

Toda Poesia disse...

Olha, amigo,um susto não é exatamente a descrição precisa para o que sinto, quando entro aqui. É preciso descalçar os sapatos, esvaziar a mente, banhar o corpo e permitir-se inundar por essa coisa que não tem nome, que excede o que comumente se conhece por 'beleza', e que transcende o que se entende por 'poesia', quando se entra aqui. Não sei explicar. E não quero ser cansativa na descrição das minhas próprias reações. Seria um pecado manchar esse espaço. Maravilha. Maravilha. Maravilha. Beijos

Gerlane disse...

Há tempo que eu não via um poema inspirado pelo vento.
Poética e original construção.

Beijos pra ti!

Oliva verde disse...

Que o vento nos traga sempre a tua poesia!
Obrigada

Perla disse...

O vento também tem coisas bonitas para contar...

É preciso abrir bem os ouvidos que o escutam, porque há sons imperdíveis!

Bjs

fotógrafa disse...

Neste primeiro dia de verão,venho desejar a todos, um fim de semana radioso, e para os do Norte…BOM FDS prolongado, com o São João a caminho…
abraço

GR disse...

Que a luz da manhã se espalhe no teu olhar
Que caminhes em ténues laços de esperança
Que encontres sempre o caminho para a palavra amar
E mergulhes em tépidas águas de bonança.

Bom sábado

Bjinho daqui, hoje com sol

GR

le baladin disse...

je me pose sur les larmes du vent bonne fin de semaine amités phil

Marta disse...

Às vezes, o vento surpreende-nos...
Não me importo que ele brinque comigo: acolhe-me nos seus braços e não se importa que eu chore....
Lindo...
Obrigada pela visita...
Beijos e abraços
Marta

Eärwen Tulcakelumë disse...

Que um vento carregado de carinho amigo traga para ti calmaria ao coração.

Pérolas incandescentes de carinho amigo, banhada no rio de lava do meu mundo.

Eärwen

Alice Matos disse...

Ao Outono ventoso segue-se a duro Inverno... Mas, logo de seguida, vem sempre a Primavera...

Um beijo para ti...

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.