Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Olho...

As pedras moldadas pela erosão
que colhi na vazante da maré
aprisionei-as numa taça de vidro
em água para lhes avivar a vida.

Olho a superfície da água
para mais fundo ver o céu
e aquela ténue lâmina quieta
que separa a água dos meus olhos
é o espelho desta paz inconsciente
que não consente perguntas.

Vindo dum impulso milenar
olho as pedras vivas
para saber que sempre ali estiveram
e eu aqui com elas
nesta tranquilidade deslembrada
dos poucos da vida.
*
efeneto*

27 comentários:

Helena disse...

Os nossos olhos veem o que nós queremos e como queremos...


Beijinho


Desafiei-o no meu cantinho

Helena disse...

Os nossos olhos veem o que nós queremos e como queremos...


Beijinho


Desafiei-o no meu cantinho

Eärwen Tulcakelumë disse...

Sei que olhas com os olhos da alma ...

Pérolas incandescentes de carinho amigo.

Eärwen

Bruxinhachellot disse...

Um olhar que hipnotiza e que vê o fundo da alma.

Beijos de nova.

le baladin disse...

le troisiéme oeil celui de notre âme se retrouve dans l'océan de lumière et regarde notre vie parcourut amitiés amigos phil

=**Estrelademim**= disse...

os olhos veem o que o coração sente ,é como as mãos da gente...
sentem o que nós tocamos, por xs só com o olhar ou o pensamento...
beijinho terno e doce meu querido poeta de partilhas e carinho

Bia disse...

"é o espelho desta paz inconsciente
que não consente perguntas."

Versos que dizem tudo!

Um sorriso e um beijo na tua noite de sonhos, amigo!

MEU DOCE AMOR disse...

E perguntas para quê, quando o teu olhar se projecta para lá daquilo que é comum?

Um beijo doce

aflordapele disse...

Hoje, não sei porque razão, só vejo as tuas imagens... os textos fugiram:(!
Enfim...! Talvez amanhã!Mas quero dizer-te de qualquer modo, que há uns tempos atrás, perguntaste no meu blog, onde alimento eu a minha fé... demorei um certo tempo a dar resposta a essa questão, mas não deixei de pensar nela e finalmente respondi, ironicamente num momento em que preciso muito que a minha fé me sustenha....para ti, um beijo

GarçaReal disse...

Quando olho a superficie da água, vislumbro um mundo,que pode ser transparente que pode mostrar a beleza da existência.

Belo

bjgrande do Lago

Sunshine disse...

Sinto paz ao ler estas palavras, sinto que vês para além do que é palpável, sinto que nos teus olhos se reflete a poesia da tua alma ... sinto tanta coisa, que me quedo silenciosa lendo e relendo e me vejo olhando essa "... ténue lâmina quieta ..." e as ".. pedras vivas que sempre ali estiveram" ... sinto-me ... tranquila...

Beijo amigo ...

espelhodesombras disse...

Olá Efento ,as pedras moldadas de impilsos milenares, aprisionei-as em taças em que bebi a vida.
Muito Bom
João Costa Filho

carla granja disse...

O OLHOS SÃO MESMO O ESPELHO DA ALMA . BELO POEMA
HJE DEIXO O MEU PENULTIMO SE QUISERES PASSA POR CÁ
BJO
CARLA GRANJA

Secreta disse...

Olhar que nos desvenda.
Beijito.

Secreta disse...

Olhar que nos desvenda.
Beijito.

manuela disse...

Há um terceiro olhar....o da alma...as tuas palavas deliciam...como sempre....beijos amigo.

LuzdeLua disse...

Olhos da alma. Lindo demais e esta música é maravilhosa. Passando, deixo-te um abraço com carinho e bons desejos pra semana.
Bjs

impulsos disse...

Olhos que olham
Olhos que nem sempre vêem
O que lá está
O que sempre esteve...
Até as pedras nos olham
E se arregalam de espanto
Quando delas nos abeiramos
Muitos séculos depois
E nem para elas olhamos...
Mas um dia voltamos
E olha-mo-nos em silêncio
Trocamos pensamentos cúmplices
E sabemos que nos pertencem!

Gostei imenso de ter pisado neste templo de poesia e de magia.

Beijo

GarçaReal disse...

Com a tarde a correr, passo e deixo um bj de fim de dia

Lá do Lago

efeneto disse...

GarçaReal...
vim de lá agora...a lágrima soltou-se...um beijo.

efeneto disse...

Impulsos...
e ficou mais rico com a sua visita. Volte sempre. Beijo.

LuzDaLua...
Manuela...
Secreta...
obrigado pela visita e palavras. Beijos

CarlaGranja...
claro que lá irei...beijo.

efeneto disse...

espelhodesombras...
amigo João, obrigado pela fidelidade...Abraço.

Sunshine...
amiga, é bom sentir que com palavras fazemos alguem se sentir bem. Um beijito da ordem.

aflordapele...
por vezes acontece. Gostei da sua resposta. Demonstra sensibilidade. Um beijo.

MeuDoceAmor...
Bia...
sempre presentes. Sempre sorridentes. beijos.

efeneto disse...

estrelademim....
partilhas que nos tem alimentado e fortalecido a amizade. Beijito.

Bruxinhachellot...
Eärwen Tulcakelumë...
Um beijo de gratidão pela vossa fidelidade.

Helena...
lá irei embora não tenho por hábito responder pois a resposta a qualquer desafio é a minha propria escrita. Beijito.

Le Baladin...
Merçi e Obrigadú...(risos)

Eärwen Tulcakelumë disse...

Vim deixar-te um beijo na forma de uma pérola incandescente que te dou agora.

Eärwen

MEU DOCE AMOR disse...

Na Alma.

Um beijo doce

Sonho & Sedução disse...

Eu vi teus olhos, tinham paz e não mentiam... teu olhar me dizia o que tua boca tinha medo de falar... mas eu entendi...
Eu senti tua mão sobre a minha e foi uma energia que a ciência ainda desconhece... se juntar toda a força do mar com a suavidade das nuvens, ainda assim não poderei descrever teu toque, me senti como uma folha tremendo nas mãos de um furacão...
O meu sorriso foi a forma que coração usou para dizer que meus olhos encontraram o que procurava !!

BEIJO COM CARINHO
É UMA HONRA FAZER PARTE DA SUA EQUIPE NO SENSUALIDADES...

ana poeta. disse...

Efeneto.


Os olhos d´agua que singelamente vislumbram o amanhã permanecem em forma de goticulas de emoções.

Beijos Poéticos.
;***

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.