Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Mãos...


Mãos que soltam velas
mãos paixão
que os seios acariciam.

Mãos que libertam
gaivotas do peito.

Mãos que sepultam passados
e modelam astros no teu rosto.

Mãos muito
mãos tudo
que ao toque da pele
cantam violinos
e acendem florestas.

Mãos que sabem do corpo
como nenhum sábio sabe.

Mãos que sabem dos rios
e dos seixos do meu mapa.

Mãos tuas
mãos minhas
que ao tocarem-se tudo dizem.
*
efeneto*

27 comentários:

GarçaReal disse...

Quando as mãos se tocam, quando os corpos se unem, quando não se consegue distinguir os contornos, então a união é profunda e vivem em eterna comunhão de amor.

Que bem gritas Poeta

Deixo um beijo grande ( não amarrotado), vindo do fresco de fim de tarde lá do Lago

MEU DOCE AMOR disse...

E com as minhas mãos deslizando no teu corpo sinto o pulsar da vida que te abraça...vejo a luz do teu olhar...o sabor dos teus beijos...

Um beijo doce

carla granja disse...

e como é bom sentir o toque das maos pelo nosso corpo a deslizar e ser acariciada. se quiseres passa por ca
bj
carla granja

PoesiaMGD disse...

A linguagem das mãos... Belíssimo!
Um abraço

PoesiaMGD disse...

A linguagem das mãos... Belíssimo!
Um abraço

espelhodesombras disse...

Olá Efeneto, mãos que dizem, mãos que viram, mãos de carinhos que fizeram, e obraram amores, mãos assistentes, mãos coadjuvantes, mãos que choram, que pedem, que esmolam, que rezam, que condenam, que apontam. Mão de amor e dor. as mãos delas...
Muito bom amigo.
Gerande abraço
João Costa Filho

efeneto disse...

GarçaReal...
mesmo amarrotado serve vindo de quem vem...beijo engomado a quente

MeuDoceAmor...
um comentário que cabia perfeitamente no poema...beijito de amizade.

efeneto disse...

CarlaGranja...
claro que lá irei...até já...beijo.

PoesiaMGD...
Obrigado pelas palavras. Beijo de amizade.

EspelhoDeSombras...
Obrigado pelo complemento que fez ao poema...abraço amigo.

Um Momento disse...

Meu Amigo...
Mãos que te afagam o rosto , sentem a alma e te desejam uma noite serena...

Beijo... no teu coração

(*)

Suave Toque disse...

Mãos que dizem adeus
Mãos que acariciam
Mãos que se tocam, que se procuram,
Mãos que descobrem meu corpo,
Mãos...que vão e vem descobrindo meu eu...

E pelas suas mãos, trazidas de uma bela alma surgem belas poesias.

Beijo de carinho e amizade.

Sahmany disse...

Caramba, me apaixonei pelo aquário!
Que coisa mais linda!
amei, amei, amei!!!
ooops, me empolguei!
Mas ficou muito lindo mesmo.
Abraço pra ti.
ps. fiquei um tempão me alugando com ele, vê se pode.

efeneto disse...

UmMomento...
Bem vinda novamente ao "grito"...beijito.

SuaveToque...
Sempre presente...beijo de amizade cara colega de letras.

Sahmany...
Vê se pode mesmo...beijito.

fotógrafa disse...

Lindo o teu poema..
aqui te deixo um registo meu...

A TUA...MINHA MÃO


MÃO NA MÃO...UM MAR DE SENSAÇÕES,
DOIS CORAÇÕES TANGENDO A MESMA CORDA...
DÁ MELODIA ENVOLTA EM MAR REDONDO...
EM MARÉ CHEIA, DE ESPUMA RENDILHADA...
A TUA MÃO TOCOU A MINHA PARA SEMPRE,
E UM MAR IMENSO, MAR CHEIO DE EMOÇÃO...
E TER NA MINHA, A TUA MÃO, EU QUIZ...
ASSIM, SEM MAIS NADA...SER FELIZ!!!
(Fotgr.)

Abraço e bom fds

Olhos de mel disse...

Oie lindinho! Mãos suaves que tocam o corpo e aquecem a alma...
Doce tocar, doce sentir, doce amar!
Amei!
Bom fim de semana!
Beijos

efeneto disse...

Fotógrafa...
daria um belo post seu...espero ve-lo em breve...beijo.

OlhosDeMel...
Por certo nos cruzamos algures no meio do Atlantico...beijito

Suave Toque disse...

"Ao longo da formação da personalidade nos tornamos seres que pensam e que podem mudar a nosso história,privilégio indizível da espécie humana. Somos uma espécie inteligente num universo desconhecido. Só nao se encanta com a vida quem está sufocado por preocupações, atolado com suas atividades e não consegue ver além da cortina das suas dificuldades."
Augusto Cury.

Desejo a ti um feliz final de semana.
Beijo de carinho.
Elcia Belluci.

rosa dourada/ondina azul disse...

Mãos que falam, acariciam e protegem :)


Beijinho,

Maria, Simplesmente disse...

Obrigada as palavras que me deixou no seu comentário e os seus votos de bom fim de semana.
Se eu fosse poetiza escreveria, talvez, um agradecimento tão belo como o que me deixou e vai deixando por onde passa, assim, como não sou, deixo-lhe a si e a todos que me leiam, as provas do desleixo dos homens, da ganância em tudo que a pouco e pouco vai estragando este lugar chamado "Terra" e que por estas pequenas amostras, tão insignificantes, a pouco e pouco vão destruindo tudo, enriquecendo uns e empobrecendo outros, e isto não é nada.
Para um poeta isto deve trazer-lhe uma lágrima, que tentará esconder certamente, ao conto dos olhos.
Bom fim de semana.
Obrigada
Maria

São disse...

As mãos são o refúgio da vida, caríssimo.
Feliz fim de semana.

Germano V. Xavier disse...

Olá!

Passei por aqui...
Gostei do blog.

Abraços pernambucanbaianos...

Germano.
www.clubedecarteado.blogspot.com

espelhosombras disse...

Amigo Efeneto, obrigado pela visita, e o poema que deixaste, está muito pra lá de bom.
Um grande abraço.
João Costa Filho

MEU DOCE AMOR disse...

Deixo um beijo de bom fim de semana com um toque florido na tua face

MEU DOCE AMOR disse...

Bonito o fundo.Mas...triste.

Arco-íris disse...

Passei p te desejar um bom fim d semana...beijonhos

Arco-íris disse...

Passei p te desejar um bom fim d semana...beijonhos

Helena disse...

Passei para deixar um sorriso sincero e um beijinho:)


Beijinho

ana poeta. disse...

Efeneto.


Mãos que acalentam a vontade de não ser, mãos que constroe um amanhã que não virá, mãos que tatuam o desejo na pele, mãos que dedilham o invisivel na esperança de torná-lo real.

Beijos Poéticos.
;**

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.