Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Fantasias de criança...


Os meninos da tarde passeiam de verde
em barcos de musgo
têm barbas de nevoeiro e cabelos de ervas
enlaçados na rama dos salgueiros.

A terra é berço de sementes esperadas
onde os barcos passam carregados de meninos
vestidos de branco.

Gargalhando borboletas nas bocas rosadas.

As flores abrem sorrisos de vento
nos olhos de sonhar.

Na boca dos meninos da tarde
abrem-se velas de sonho agitando cabelos.

O amanhã está na rota dos barcos inventados
em brincadeiras de água
que as âncoras seguram
em fantasias de criança.

efeneto*

14 comentários:

MEU DOCE AMOR disse...

Vamos então remar...na direcção certa para ajudar esses meninos que gostam de sonhar.

Um beijinho doce

GarçaReal disse...

Os olhos das crianças acarretam as fantasias de uma vida, a esperança do futuro,a inocência do presente.

Elas vivem sim no mundo da fantasia.

Boa semna cheia de esperança e de ânimo :)

bjgrande do Lago e outro daqui do lado

Secreta disse...

Fantasias de criança ... puras!
Beijito.

Simplesmente...eu* disse...

Ser criança é ser tudo... mas felizes dos adultos que sabem acordar a criança que mora dentro deles.

Simplesmente...eu*

lua prateada disse...

"Gargalhando borboletas nas bocas rosadas"Só mesmo tu amigo para uma imaginação tão fértil e tão rosada quanto esta...
Beijinho prateado
Uma feliz semana
SOL

BANDEIRAS disse...

Boa noite,

Bela inspiração, meninos, barcos de papel.
bjs

Taj Chan Ackh disse...

Amigo efeneto, hoje em dia as crianças ja nao sao o que eram, hoje em dia nao correm pelos campos nem colhem flores, hoje em dia, as crianças querem é playstation e essas modernices todas(como se eu fosse muito velho.lol).
Hoje em dia, numa tarde de sol, levanto-me, visto-me e vou passear para o pé do rio, sim, porque toda gente é criança. toda gente precisa de acordar a criança!
Hoje em dia esse passeio ajuda-me muito a crescer se calhar, mas a viver acima de tudo!
Já nao é do dia de hoje em que as crianças acordam e vao correr,saltar,pular,viver...
Abraço.!

Taj Chan Ackh disse...

...quando acordamos e só nos apetece gritar e gritar!
A mim apetece-me, muitas vezes!

espelhodesombras disse...

Olá Efeneto, os meninos musgos de cabelos de ervas, gargalham borboletas...
Taí mermãozinhoptu és poeta, e dos bons.
Grande asbraço
João Costa Filho

Suave Toque disse...

Por vezes gostaria de manter o espirito de ser criança, sonhar, ver com os mesmos olhos que elas, sem maldade, sem malicia.
Correr como criança,
Sorrir como criança.
Você junta as palavras e as transforma num belo poema.
Parabéns.
Beijo de carinho a meu caro colega de letras.

Oliver Pickwick disse...

Não são fantasias, Efeneto, exceto se tomarmos nós, os adultos, como referenciais. Na visão das crianças é um mundo real, e os barcos não são inventados. Eles existem de fato.
Abraços!

Sunshine disse...

Fantasias e sonhos de crianças ... felizmente ainda existem... crianças que sonham e adultos que sonham ser crianças ...

Queria eu ser uma dessa crianças do teu poema... queria eu sonhar ainda ... fantasias de criança..

Dil disse...

gostei de ler
bonita poesia
boa semana
deixei algo para ti no meu blogue
um beijinho

ana poeta. disse...

Efeneto.

Um poema lúdico, que nos faz viajar nas asas do vento e posaur em nuves de sonhos anis.

Beijos Poéticos.
;**

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.