Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Ensina-me...



Ensina-me a sossegar a espera
com o teu olhar doce
e as tuas mãos de ternura.

Faz-me o homem que mereço ser
para me completar na mulher que és.

Deixa-me enlaçar-te a cintura
e perder-me nos teus olhos
para me reencontrar por inteiro.

Ensina-me o carinho e a paz
com as mãos no meu rosto
como quem navega suavemente.

Traz-me à foz deste rio caudaloso
na bonança da suave brisa
dos teus cabelos.

Vem ver nascer o sol
e o voo matinal das gaivotas
e com elas aprender
a simplicidade do sonho
que no peito trazemos.


efeneto*

18 comentários:

MEU DOCE AMOR disse...

Efeneto:

Nem sei o que te diga por esta bela postagem.As palavras,a imagem,a música...

Maravilhoso.
Beijinho doce e bons sonhos

Anónimo disse...

tudo maravilhoso este poema está belo e com a simplicidade do sonho podemos realizar sempre muito mais
tenho um novo se quiseres passa por cá
bjo
carla granja

LuzdeLua disse...

Vem ver nascer o sol
e o voo matinal das gaivotas
e com elas aprender
a simplicidade do sonho
que no peito trazemos.

Vou levar para mim, posso????
Lindo demais como sempre.
Deixo-te um beijo amigo
Bjs

GarçaReal disse...

No peito acalentamos sempre um sonho.
Um sonho de um olhar que há-de vir...
Um sonho de um momento que há-de ser vivido...
Um sonho na espera de ser concretizado.

Que dizer?

BELO

Bjgrande aqui da chuva

Eärwen Tulcakelumë disse...

"Ensina-me a sossegar a espera
com o teu olhar doce
e as tuas mãos de ternura.

Faz-me o homem que mereço ser
para me completar na mulher que és."

Como meu amigo não se perder nestas palavras que saem do teu coração...
Divinas palavras poeta!

Pérolas incandescentes de inspiração sempre.

Com carinho

Eärwen

lebaladin.canalblog.com disse...

poème sensuel et suave et tes mots coulent comme l'eau pure sur l'amour de deux êtres qui s'aiment amitiés amigo phil

Sunshine disse...

A beleza destas palavras deixa-me sem elas para te poder dizer o quão belo é o que escreves.

Curvo-me perante a doçura que nelas transparece, um amor tão lindo ...

Um beijo Poeta !!!!

Helena disse...

Como sempre ao que ja estamos habituados um momento de poesia lindissimo...

Ler este espaço é algo de magnifico...

Por isso não tenho nem existem palavras par comentar, simplesmente deixo a minha amizade e um beijinho

fotógrafa disse...

Lindo!!!
Tudo,poema...musica...emoção...
Um abraço

LuzdeLua disse...

Ensina-me a sossegar a espera...

Lindo demais e esta música...
Perfeito.
Deixo-te beijos com carinho amigo.
Bjs

Eärwen Tulcakelumë disse...

Uma pérola incandescente de carinho amigo.

Eärwen

GarçaReal disse...

A simplicidade do sonho
Que no peito trazemos...

A busca de um sonho perdido no tempo...
Tempo que passou...Que procura outro tempo!

O Obrigada pela ternura depositada no Lago!
O obrigada por palavras que envolvem a alma!
Alma que vagueia por aí.......

Beijo de neve ou de um Lago...

Uma Garça.....

=**Estrelademim**= disse...

quero-te comentar e nao encontro palavras...pois tu usaste todas as mais singelas ...doces e puras qiue eu puderia usar...então digo-te meu poeta de eleição: simplesmente maravilhoso e sublime esta tua arte de poetisar...beijinho doce na ternura da respeituosa amizade que é a nossa

Sonho & Sedução disse...

"...Ensina-me a sossegar a espera
com o teu olhar doce e as tuas mãos de ternura..."

Ahhh o amor.... a doce espera pelo ser amado... maravilhosas suas palavras...

Beijo com carinho

São disse...

Para quando um livro publicado?

Abraço.

Paula Raposo disse...

Sempre lindos os teus poemas!! Beijos

MEU DOCE AMOR disse...

Passo e deixo um beijo nesta tarde cinzenta.Mas fica o Sol do meu coração.

Beijinho doce

Maria Clarinda disse...

Apenas...passo , leio-te e sigo plena de emoção dos teus poemas.
Jinhos mil com duendinhos à solta.

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.