Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

As rosas que te emprestei


Porque não falaram as rosas
quando as deixei nas tuas mãos?

Ficaste como uma marca de água
embevecida e quase calada.

Do que elas te quiseram dizer
ficou selado com dois beijos.
Não me saíram as palavras novas,
uma outra linguagem
que me bastasse para te celebrar.

Apenas te disse o que já sabes
com as palavras de todos os dias.

Hoje aguardo a tua audácia
e incentivo-te ao gesto
na vontade que tenho
de voltar a aquecer-me no teu olhar.


efeneto

14 comentários:

GarçaReal disse...

Às vezes as rosas deixadas em nossas mãos emudecem, embargam,e não dizem o que fica fechado no coração.

É preciso desfolhá-las, e uma a uma atirar as pétalas ao vento para que se libertem e mostrem o lado fechado da alma...

Como sempre um poema belo em tua ternura.

O sol brilha lá fora...Só isso

Bom começo de mais uma semana.

Bjgrande neste dia gélido longe do mundo

Um Momento disse...

Rosas...a sua magia...
Belo meu Amigo...
Belas palavras... belo sentir

E agora deixo eu aqui uma cestinha cheia de "mimos" de mim para ti
Por Amizade abraçada, por carinho beijada e com ternura aqui depositada
Desejo um dia lindo soprando um beijo imenso ao teu coração
(*)

PS:não me esqueci... só nao tive ainda "inspiração" para o escrever:)
(*)

Olhos de mel disse...

Oie lindinho, quanto carinho nesses doces versos! Pra que palavras nessas horas? Atitudes dizem muito mais e cada verso seu, traduz o belo sentimento que nutre.
Que sua semana seja de realizações!
Beijos

Sunshine disse...

Lindas rosas, belas palavras ...
É sempre um prazer renovado vir ler-te...
Um prazer e uma lição ... de vida e de amor.

Bjs Poeta...

MEU DOCE AMOR disse...

Querido Efeneto:

Linda música,bela árvore de Natal(tão alegre)e quanto ao poema...hummm...não sei.

Acho que...adorei:)))))

Posso levar uma Rosa?Não sei de nada...levando e prontos!!!!!

Não me esqueci.Preciso de inspiração.Ando com um sono...ai as noitadas:))

Beijinho muito grande.Adoro aqui vir.

MEU DOCE AMOR disse...

Agora olhando a Árvore de Natal...

Gosto mesmo desta época.Uma desgraça!Pior que as crianças.

Vou fazer a minha no fim de semana e esvrever a carta para o BARBAS.Eheheeh!!!!!!Ai vou ,vou.

Beijocas:)))

Paula Raposo disse...

Assim se escreve amor, num braçado de rosas!!

M@ri@ disse...

Ola meu doce amigo
Deseculpa esta minha ausencia,mas o meu pc ainda nao esta bom e nem sem consigo visitar os amigos.
Meu amigo lindo poema...
Feliz de quem ja sabe as palavras que todos dias vai ouvir...
Desejo te um lindo final de tarde
Deixo te um Big Kiss
xoxoxxox
M@ri@

rosa dourada/ondina azul disse...

Gestos simples, cheios de amor e de magia !
E esperas...

Beijo c/ carinho e amizade,

GarçaReal disse...

Há rosas que gostava de receber
Há rosas que gostava de ofertar
Se meu coração parasse de sofrer
Há rosas que gostava de desfolhar


Bjgrande

manuela disse...

As rosas não falam mas ouvem-se e sentem-se...nada ficou por dizer...belo poema, como sempre...

LuzdeLua disse...

Voltar a esquecer-me no teu olhar...
Isso é soberbo.
Maravilhoso poema.
Deixo-te beijos com carinho meu amigo.
É muito bom estar aqui, para me perder ou me achar.
Bjs

Um Momento disse...

Passo para desejar um dia lindo

Beijo... bem aí
(*)

PoesiaMGD disse...

Lindo, lindo, lindo! Adorei!
Um beijo


http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.