Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Pedacinho de céu


Este foi o local para onde planeei a minha morte.
Aqui nasci, renasci....
Tornei a nascer.
Aqui perdi o meu sentido mas ganhei momentos.
Ao acordar, bem cedo, subi de boa vontade ao cume.
Bebi café e vi o Sol espreguiçar-se
Por entre nuvens, folhas e água viva.
Não consigo descrever o local.
Nem o que sinto quando nele me vejo.
Ali eu não falo.
Apenas sinto.
Descobri que de facto nada conta.
Hoje deparo-me a comparar qual delas a mais bela.
Confirmo que não é o mais importante pois
Para mim és o verdadeiro momento.
Tu e só tu.
Não comparável
És terra de ninguém.
Bato á porta... sem resposta.
Porém entro...
Triste ausência.
Subo e desço.... Escalo sonhos, mergulho....
Meu Paraíso...
Minha Névoa...
Minha Lágrima

efeneto*

18 comentários:

GarçaReal disse...

Muito triste este teu poema.

Este pedacinho do céu deixa-me a pensar.

Bom domingo

bjgrande

Bruxinhachellot disse...

Um pedacinho sem dono, mas muito querido e amado.

Beijos de Sol e de Lua.

somentebia disse...

Atualizando a leitura, amigo, e inebriando a alma com a beleza de teus versos. O poema de parceria com a nossa querida Eärwen, tão terno, de uma beleza comovente.

"Meu Paraíso...
Minha Névoa...
Minha Lágrima"

Versos destacados do poema de agora... Lindo, porém muito triste! Um lamento que sai da alma e fica pairando no ar, como se buscasse um lugar para novamente pousar...

Ficam pétalas, beijos, e o desejo de um ensolarado domingo de alegrias.

rosa dourada/ondina azul disse...

Por aqui passei,
a minha amizade deixei...


Beijinhos e boa semana

Kalinka disse...

OL� AMIGO
Fico mesmo aborrecida quando estou tempo demais sem visitar pessoas como tu, que sempre me acompanharam na minha vida de blogoesfera.

Os meus posts do alfabeto roubam-me imenso tempo, cada vez mais, acho que fiz as 2 primeiras letras na desportiva, mas como sou muito exigente comigo mesma, vai aumentando o meu trabalho de pesquisa e, na letra F tive mesmo que fazer 3 posts da mesma letra...
Hoje, domingo dediquei-me � letra G e, ainda n�o sei se vai dar s� para um ou ter� que ser 2 posts.
Tamb�m tenho que agradecer PR�MIOS e ando a atrasar tudo...assim n�o d�. N�o sei para que lado me hei-de virar...e, o domingo est� a chegar ao fim...amanh� come�a outra semana de trabalho!!!
Beijitos.

mena disse...

Nesse pedacinho do céu está todo o teu sentir. Toda a poesia que nasce da tua mão está nesse pedacinho, tão pequeno e tão GRANDE, tal é a capacidade que tens de nos fazer sentir a poesia.

Bjs Poeta !!!

MEU DOCE AMOR disse...

"meu paraíso...minha névoa...minha lágrima"...

Um beijo doce Efeneto

lua prateada disse...

Ali, eu não falo , apenas sinto!...e, SENTIR.......sem palavras migo.Beijinhos prateados da
SOL

Olhos de mel disse...

Oie Efeneto! Por trás de lindas e doces palavras, uma tristeza enorme!.. Saiba que a tristeza dos meus amigos, reflete em mim.
Fique com Deus! Tenha uma boa semana!
Beijos

manuela disse...

As lágrimas caem de pena mas limpam a alma...desenhas com teus versos a saudade do que foi e já não é ou talvez seja e não vejas...embalas a imensidão de um sentimento ansioso por renascer...amei cada um das tuas palavras...beijos,amigo.

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

"escalo sonhos(...) minha lágrima"


tb n sei dizer...senti.


***********************************

Maria Clarinda disse...

Cada dia um poema mais lindo!!!!
Beijos mil.

Menina do Rio disse...

Entre ganhos e perdas valeu nascer!!!

Querido amigo,

Amanhã 16/10 o blog Momentos de vida completa um ano e gostaria de fecha-lo em grande estilo. Conto com a vossa presença!

Beijinhos

Menina do Rio disse...

E vais me ensinar a dançar um Fado ao luar?
És muito querido!

beijinhos

Menina do Rio disse...

Então me cantarás um fado! Na verdade não conheço bem Fados, mas pelo pouco que ouvi, eles me lembram serestas daquelas que se ouvia qd eu era criança, mas tenho bons ouvidos e a alma inundada de saudades.

Beijinhos

efeneto disse...

*garça real*
...um pouco de tristeza é delicioso, mas só um pouco...beijo.

*Bruxinhachellot*
...um dono vagabundo...beijo.

*somentebia*
...coloquei as pétalas em perfume para mais tarde sentir o cheiro...beijo,

*rosa dourada/ondina azul*
...a sua amizade está sempre presente...beijo.

*Kalinka*
...aqui apenas reforço o que já lhe fui dizer, força e amor no que faz...beijo.

*meu doce amor*
...um beijo...um beijo...um beijo...

*mena*
...as suas palavras são balsamo para quem as lê...beijo.

*lua prateada*
...e eu não te digo nada...apenas um beijo.

*Olhos de mel*
...sempre solidária...beijo.

*manuela*
...estava com saudades das suas inteligentes leituras...beijo de amizade.

*_E se eu fosse puta...Tu lias?_ *
...então também não digo...só mando beijo.

*Maria Clarinda*
...cada vez mais sinto a sua presença...beijo amigo.

*Menina do Rio*
...estou a passar a ferro o fato de gala (risos), claro que lá estarei...beijo até lá.

Cris disse...

Sempre belo o que você escreve.

Um beijo.

Cris

Sahmany disse...

Nossa, que lindo, Efeneto!
Adorei!
Abraço pra vc.
Fica com Deus.

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.