Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Melancolia


Saio e entro na noite
sem lanternas nos olhos
nem medo a fingir coragem
triste apenas de estar sozinho
comigo,
de mãos dadas comigo,
estas árvores do passeio
( são verdadeiras estas árvores )
fazem-me sonhar poesia
de rouxinóis cantando,
ou romanos vermelhos
de amantes perseguidos,
pobres amantes clandestinos.

O Outono começa a ser real
a semear melancolia nos caminhos,
o vento abandona-se ( quem diria! )
ás folhas sonâmbulas
sem pudor das estrelas que vigiam
os devaneios da noite lá em cima.

Reabro a porta da minha solidão
e entre, mas só.
A noite deixo-a aos amantes
e aos mendigos, aos felizes afinal.

Ah! Este silêncio!
Já me doem os sentidos.


efeneto

13 comentários:

=**Estrelademim**= disse...

*-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-*
Pouca coisa é necessária para alegrar nosso dia,
basta ter amor no coração e amigos como...TU...!!!
*-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-**-:¦:-*
OPTIMA SEMANINHA!!
BEIJINHO DOCE...

Marrie disse...

Voltastes da tua ausência tão tristonho! Será magia das palavras apenas ou reais sentimentos q te invadem?
Seja o q for......... no "grito" não estás só jamais!
bjs curiosos

Um Momento disse...

Esta vida é uma mar de surpresas...
Deixo um carinho e o desejo de uma linda semana
Beijo meu Amigo
(*)

Simplesmente...eu* disse...

O retrato de melancolia tu conseguis-te...é uma melancolia que transpira tristeza, mas que nos ofereces sempre belos poemas enriquecidos com "pensamentos"!!!

Simplesmente...beijo carinhoso na tua melancolia

Sil disse...

A melancolia de uma solidão com as cores do outono.
Muito lindo!
Beijos

Eärwen Tulcakelumë disse...

Em vôo venho dizer-te que a Senhora do Fogo retorna aos seus domínios.
Assim já não tem mais silêncio, pois escutas bem sei o bater das minhas asas e sabes que sigo contigo.
Deixo aqui pérolas incandescentes de agradecimento pelo carinho da visita e pelo "amor" que me dedicas.

Eärwen
23.10.07

manuela disse...

Não tenho palavras...o que dizer quando o poeta já disse tudo?...imagens raras de um outono associado à melancolia...ao porquê do «eu» melancólico...amei!

GarçaReal disse...

Neste Outono que já é real...

Não deixes a noite aos amantes...
Pega nesse silêncio, vagueia...
Não deixes que te doam os sentidos.

Ali do Lago passo em toada lenta


bjgrande e talvez Real

GarçaReal disse...

Tinha reparado na troca de Outonos...

Servi-me da oferta....Gostei

bjgrande daquele Lago agora em pleno Outono.

GarçaReal disse...

Na tua nova imagem...(está com charme)

Deposito uma gota de agradecimentos vinda de meu Lago.


bjgrande

Belisa disse...

OLá

Vim logo a correr ver o outro cantinho da poesia e fiquei maravilhada. Lindos poemas! Obrigado. Voltarei sempre.

Beijos estrelados

Marrie disse...

Sabe aquele algo do qual falastes?
Então....... se quiseres sugerir p/q te enviei acharei melhor!
O q achas?
Ou ainda podes usar qualquer uma das imagens e palavras q lá se encontram!
Decides.
bjs

MEU DOCE AMOR disse...

Ai,ai,e ai...

Hoje estou impossível por causa da outra!DA OUTRA!

Hummm...

Que romanos?

Romanos mesmo romanos?

Um beijo

Os que combateram Viriato?

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.