Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Saudade e Solidão...

O sol convidou-nos ontem
Sobre a areia.
Envolvei-nos o rumor suave do mar.

Teu corpo me deu calor
Tinha frio.
E ali na areia entre nós
Nasceu este poema,
Este pobre poema de amor.

Para ti...Para ti...

Meu sonho em flor
Na história do amor mais eterno
É humilde,
Gentil,
É chuva de Abril no Inverno.

Meu suave amanhã
Meu velho refrão de um poema
É a fé que perdi
Meu caminho e minha estrada
Meu doce prazer
Meu sonho de ver tua imagem.

E a brisa a cantar
É o sol a brilhar na paisagem.
Meu manancial de luz celestial,
É a riqueza que tenho no olhar.

Meu ninho
Meu lar de nobreza
Sem sentir a meu lado
Teu doce prazer
Sou banco parado
Onde eu senti
Onde eu escrevi
Meu poema...

efeneto
( ...para um rosto que me
fez voltar no tempo......)

9 comentários:

my_feelings disse...

Saudade é um sentimento profundo,
que deixa a pessoa pensar,
pensar em alguém que está ''distante'',e não quer sua ausência quando voltar.
Saudade, é mais que um
sonho a se imaginar,é algo profundo que,em no coração há de apertar. Saudade é tudo isto e muito mais que agora eu não consigo me lembrar,pois sinto muita Saudades de te ''encontrar''.
Achei que este poema tivesse muito haver com o teu post, por isso aqui te deixo com muito carinho.
Desejo-te muito amor e saude.
Uma boa noite recheada de '' feelings ''.
Beijinhos amigo

Mena disse...

Saudade . . . doce e amargo prazer, calor e frio ao mesmo tempo, saudade enfim . . . lindo o teu post, fico encantada . . . e sentada num banco leio o poema que escreves com tanta saudade...
Bjs e boa noite meu amigo (não de sempre mas para sempre).

Maria Valadas disse...

Um belo poema, que faz recordar momentos inesquecíveis!

Onde existe Saudade, não há Solidão... Pois é a eterna companheira dos nossos dias acinzentados!

Com carinho, um beijo da

Maria

efeneto disse...

*my_feeling*
...quando a saudade aperta, o coração sofre...obrigado pelo complemento que fez ao meu poema, demonstra a sua capacidade de ver a saudade da outra pessoa. Obrigado e volte sempre...beijo saudoso...
*mena*
...quando um "momento" é vivido com paixão e amor, qual é a saudade que não fica?...até a saudade do "banco" se torna dolorosa...beijo (para sempre) mas renovável...
*maria valadas*
...na solidão é que vamos buscar a saudade...e nem que seja por breves momentos a saudade é boa companhia...recordações que voltam e se evaporam novamente no tempo...torna-se uma exigência a sua visita aos meu espaço...Obrigado...com amizade um beijo também...

Entre linhas... disse...

A saudade não resite com o pasar do tempo,pelo contrário aumenta a ansiedade.
Bjs Zita

lua prateada disse...

SAUDADE!... a areia .o mar,o luar e os passarinhos a cantar...és tu a planar...Lindo migo!é tão bom ver-te escrever e saber que tudo que estava guardado é revelado aos 4 ventos...saudade...Beijinho com carinho da
SOL

GarçaReal disse...

Gosto de vir aqui..... gosto de reler-me...gosto.....gosto....

Bjreal

Josse disse...

Me fizestes chorar amigo...Não sei se foi a música ao fundo, a poesia, ou a própria saudade. Ando vulnerável. E dissestes uma verdade sem tamanho: todos os elementos envolvidos acabam fazendo parte desta lembrança,a nossa saudade.
Muito lindo mesmo. Tens uma sensibilidade destinada à bem poucos.

Bjs e adorei a visita. A minha casa também é sua, fique à vontade.

Da amiga, Josse

efeneto disse...

*entre linhas*
...já lá fui e fiquei maravilhado...quanto aqui a este espaço...acomode-se e sinta-se á vontade...beijo amigo.
*lua prateada*
...como entendes-te...beijo de saudade...
*garça real*
...gosto de a ter aqui...gosto que me leia...beijo re(lido)...
*josse*
...se está fragilizada...com estas palavras, musica, fundo e saudade, é possível que chore...faz bem á alma e liberta para se renascer para a vida com outros olhos...irei visita-la...beijo inaugural.

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.