Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä

Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä
Visto-me com as cores do arco-íris, e desenho-te um beijo no poema.

Ela partiu


Parem os relógios,
Cortem os telefones,
Impeçam o cão de latir,
Dêem-lhe um osso em meu nome.
Silenciem os pianos e ao som de abafados tambores
Façam entrar o caixão
Com o lamento dos pranteadores.
Que os aviões de luto,
Em sua homenagem,
Nos círculos de um tempo absorto,
Escrevam no céu a mensagem:

Ela partiu...

Ponham laços de fumo
Nos pescoços brancos
Das pombas que habitam as praças.
Façam os guardas de trânsito
Usar luvas pretas de algodão.

Ela era meu norte, meu sul,
Meu leste e oeste,
Minha semana de lutas,
Meu domingo de festa,
Minha noite, meu dia,
A conversa e a canção.
Pensei que o amor fosse eterno,
Pura ilusão.

Esta noite as estrelas já não me seduzem.
Dispensem todas!
Embrulhem a Lua e desmantelem o Sol!
Afastem mares e bosques, apaguem toda a cena!
Pois nada mais, agora, vale a pena.

efeneto*


(Apenas a simples recordação de momentos sublimes...até já.)

19 comentários:

GarçaReal disse...

Bom sem partilha de palavras, vim reler como tinhas usado o fogo que foste buscar aos meus elementos...(risos?)Talvez.
Sublime a recordação deste momento sublime.

bjgrande e...Real

GarçaReal disse...

Ou melhor...

Não levo a mal
Pois o fogo transportado
Acendeu chama não banal
De amor idolatrado.

bjgrande

GarçaReal disse...

Voltei,pois há pouco não comentei este desaparecimento, porque talvez não acredites mas compreendo-te melhor do que possas imaginar.´E horrivel.Sei bem.
Até àmanhã.

bjgrande

lua prateada disse...

Amigo!...nada pode valer a pena ...mas continuamos cá...um dia vais lá estar junto dela ...!até lá....FORÇA deixa tuas lágrimas correrem e lavarem tua alma...beijinho com carinho da miga
SOL

my_feelings disse...

...o destino une e separa pessoas. Mas nenhuma força é tão grande para fazer esquecer, que por algum motivo um dia te fizeram e ainda fazem feliz...o amor profundo cultivam-se no silêncio...palavras podem não dizer o que o coração sente, mas fazem sentir o que o coração diz...
Amigo, muita força acima de tudo e sabes que o destino ja esta por ti traçado e sabes que um dia ir´s fazer a continuação desse amor.
Deixo-te um beijo recheado ''feelings''.

Eärwen Tulcakelumë disse...

"... Ela era meu norte, meu sul,
Meu leste e oeste,
Minha semana de lutas,
Meu domingo de festa,
Minha noite, meu dia,
A conversa e a canção.
Pensei que o amor fosse eterno,
Pura ilusão. ..."

Quem disse que não é meu amigo? É este acalanto que nos deixa de pé, firmes para continuar na certeza de que um dia estaremos juntos novamente. Sabes bem o que te digo, pois partilhamos lembranças semelhantes.

Agradeço teu carinho nas flores que me destes, coincidência o dia de hoje acaba nos juntando mais uma vez. Aqui beijo o teu coração.

Pérolas incandescentes de doces lembranças.

Com carinho dessa Dama do Fogo.

Eärwen
31.07.07

Marta disse...

A morte...
Credo... como sinto melodiosamente cada verso... como me invade cada palavra... Como, nostalgicamente, entendo este poema. Lindo, perfeito. Simplesmente um reflexo... um reflexo do que tantas vezes quero mas não consigo escrever e dizer!

Marrie disse...

Sem palavras...

efeneto disse...

*garçareal*
...fui lá buscar o "Vento" para arejar...obrigado e beijo de amizade.
*lua prateada*
...estamos cá e vamos continuar juntos com a nossa amizade...beijo de amizade.
*my_feelings*
...esta vida é apenas uma passagem para voltar á vida...beijo de amizade.
*earwen»
...depois de palavra escrita não há que voltar a traz nelas pois vamos-lhe tirar o sentido da altura. Depois, bem, depois entra a sua razão...Um ramo de beijos para juntar ao outro.
*marta*
...olá amiga. Á quantas "luas"??...já irei "ter" consigo...obrigado pelas palavras...beijo amigo.
*marrie*
...sem resposta, mas com um ramo de beijos amigos e sinceros.

MEU DOCE AMOR disse...

Um beijinho terno

Mena disse...

Poema tão nostálgico, tão sentido.
Faça-se o silêncio que pedes e nessa quietude se leiam as tua palavras.
Bjs amigo.

MEU DOCE AMOR disse...

Hoje dia 1 comero-se o dia de Pachamama

Beijinho doce

Bia disse...

Perder alguém é sempre muito triste! Há que se aprender a lidar com as perdas, vivenciar o luto, deixar que escoem todas as lágrimas, que cessem todos os lamentos, que termine toda dor, para que se possa novamente buscar sorrisos que se esconderam por entre as brumas da saudade. Perder alguém, de qualquer jeito, deixa um vazio no coração, que aos poucos será preenchido com as lembranças que virão atenuar, apenas atenuar, a falta que aquela pessoa fará.

Um belo, sentido, e tão doído poema, que nos deixa entrever o teu pesar, o teu lamento, a tua dor.

Que pétalas perfumadas de ternura te cheguem ao coração, junto de um afetuoso beijo, no desejo de que a dor demore menos tempo pra passar.

efeneto disse...

*bia*
[...]Um belo, sentido, e tão doído poema, que nos deixa entrever o teu pesar, o teu lamento, a tua dor.[...]
acredite que sim amiga...tenho que ir ao seu piano/bar relaxar...até já. Beijos.
*meu doce amor*
...já lá fui ver o vídeo. Voltarei lá...beijo de amizade.
*mena*
...todas as palavras encerram histórias, vidas passadas, segredos, sentimentos...estas também...beijo de amizade.

Bia disse...

Meu querido, enterneceu-me tanto teu carinhoso comentário no meu espaço que pedi a um mimoso anjo que brincava junto de uma linda criança que estava ao meu lado, para levar-te um beijo de bom-dia envolto numa delicada pétala de rosa azul. E ele, todo sorridente, apressou-se em colocá-la nas asinhas e partiu feliz para atender meu pedido. Já deve estar chegando por aí...

GarçaReal disse...

Relendo...Meditando...Deixando um vento de alegria.

bjgrande e...Real

Vieira Calado disse...

Poema veemente, cheio de fortes entações.
Gostei.

Maria Clarinda disse...

.....sem palavras...adorei.
Jinhos mil

gatoêlha disse...

gosto do seu mundo!

Seguidores

Creative Commons License Esta obraestá licenciada sob uma Licença Creative Commons.